segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

NECESSIDADES REAIS POR JOANNA DE ÂNGELIS





Onde situes os teus interesses, em torno d'Eles circularão as tuas necessidades.


Onde tenhas o pensamento, ali porás a emoção.

Indispensável repensar as aspirações de maneira a fixar apenas aquelas que trabalham para a tua realização profunda.

A ambição conduz ao tresvario.

A avareza leva à mesquinharia.

A sensualidade brutaliza.

A indolência entorpece os sentimentos.

A gula desajusta a máquina orgânica.

O egoísmo encarcera o ser.

O orgulho envenena o homem.

O vício destrambelha os equipamentos do corpo e da alma.

O ódio enlouquece a criatura.

O ciúme deforma a visão da realidade.

O que mais anelas e pensas corporifica-se e passa a dominar-te interiormente.

Tens um compromisso com a vida, assim como esta dispõe de uma tarefa para ti.

Ausculta as tuas necessidades reais e olha em derredor.

Possuis mais do que precisas, enquanto muitos carecem mais do que dispõem.

Não apenas em recursos materiais, mas, também, em conhecimentos, educação, discernimento, capacidade de serviço, razão...

Há no mundo, mais escassez de paz do que de pão.

Há mais solidão do que companheirismo.

Faltam mais os valores morais do que os bens materiais.

Estes últimos são os efeitos infelizes dos primeiros.

E porque são escassas a equanimidade e a justiça, abundam a miséria e a ignorância.

Não postergues indefinidamente o teu momento de entrega, de por-te em relação com o melhor tesouro, pois onde o depositares, "aí estará o teu coração", conforme acentuou Jesus, facultando-te ou não felicidade.




Joanna de Ângelis;
Psicografia: Divaldo Pereira Franco;
Do livro: Momentos de Meditação.

Curiosidades sobre o dia 29 de fevereiro e os anos bissextos


Porque é que de quatro em quatro anos o mês de fevereiro tem mais um dia?



Um ano bissexto, quando um dia extra é adicionado ao final de fevereiro a cada quatro anos, existe para equilibrar a disparidade entre o sistema solar e o calendário gregoriano.
A órbita completa da Terra à volta do Sol demora exatamente 365.2422 dias para completar, mas o calendário gregoriano considera 365 dias.
Por isso, são adicionados ao nosso dia a dia segundos extras –e anos bissextos – para manter os nosso relógios e calendários sincronizados com a Terra e as suas estações.
Por que em fevereiro?
Durante o reinado de Júlio Cesar o mês tinha 30 dias. Quando César Augusto chegou ao poder, quis que agosto (mês em sua homenagem), que tinha 29 dias, tivesse 31 dias, como julho (mês de Júlio Cesar). Para isso, roubou alguns dias de fevereiro para completar o número de dias de agosto e torná-lo tão grande quanto julho. Desde então fevereiro tem 28 dias e 29 em anos bissextos.
Como se prevê que um ano será bissexto?
De acordo com cálculos gregorianos, qualquer ano divisível por 100 e não por 400 não será considerado um ano bissexto. No entanto, os especialistas dizem que ainda há pequenas discrepâncias entre este método e o sistema gregoriano, que terá de ser revisto daqui a cerca de 10 mil anos.
Outras curiosidades:
Um bebê nascido no dia 29 de fevereiro é chamado de ‘bebê bissexto’. A probabilidade de nascer neste dia é de um em 1.461 - já que quatro anos têm 1.460 dias e o dia extra é o bissexto, completando 1.461.
Há uma tradição que sugere que as mulheres podem pedir os namorados em casamento neste dia. Esta crença remonta ao século V, quando Santa Brígida se queixou a São Patrício que as mulheres tinham de esperar por muito tempo para que os homens as pedissem em casamento. São Patrício, então, propôs o último dia de fevereiro para este fim.
A mulher deve usar shorts ou uma saia escarlate para fazer a pergunta, segundo a tradição.
Se o homem recusar deve dar 12 pares de luva à mulher, uma tradição que existe desde o império romano. Na Finlândia, os homens devem oferecer um tecido para uma saia.
O sapo é o símbolo associado ao dia 29 de fevereiro.
fonte: http://www.noticiasaominuto.com.br

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

O ESPIRITISMO E AS DOENÇAS POR EMMANUEL


- Existe uma patologia da alma?

Emmanuel - Mágoas, ressentimentos, desesperos, atritos e irritações entretecem crises do pensamento, estabelecendo lesões mentais que culminam em processos patológicos, no corpo e na alma, quando não se convertem, de pronto, em pábulo da loucura ou em sombra da morte.


- O Espiritismo pode contribuir para o tratamento das doenças?


Emmanuel- A Doutrina Espírita, expressando o Cristianismo Redivivo, não apenas descortina os panoramas radiantes da imortalidade, ante o grande futuro, mas é igualmente luz para o homem, a clarear-lhe o caminho; desse modo, desempenha função específica no tratamento das doenças que fustigam a Humanidade, por ensinar a medicina da alma, em bases no amor construtivo e reedificante.

Nas trilhas da experiência terrestre, realmente, a cada trecho, surpreendemos desequilíbrios, a se exprimirem por enfermidades individuais ou coletivas.

- Como funcionam os ensinamentos espíritas na cura dos males que infelicitam as criaturas humanas?

Emmanuel- Os ensinamentos espíritas, despertando a mente para a necessidade do trabalho e do estudo espontâneo, preparam a criatura em qualquer situação, para a obra do aperfeiçoamento próprio e desvelando a continuidade da vida, para lá da morte, patenteiam ao raciocínio de cada um que a individualidade não encontrará, além-túmulo, qualquer prerrogativa e sim a felicidade ou o infortúnio que construiu para si mesma, através daquilo que fez aos semelhantes.

- Em que fórmulas essenciais se baseiam a terapêutica espírita?

Emmanuel- Com os ensinamentos espíritas aprendemos que os atos de bondade, ainda os mais apagados e pequeninos, são plantações de alegrias eternas e que o perdão incondicional das ofensas é a fórmula santificante para supressão da dor e renovação do destino.

- A caridade pode auxiliar nas curas dos males humanos?

Emmanuel- Fácil verificar, assim, que a Doutrina Espírita encerra a filosofia do pensamento reto, por agente preservativo da saúde moral, e consubstancia a religião natural do bem, cujas manifestações definem a caridade por terapêutica de alívio e correção de todos os males que afligem a existência.

- Quais são os medicamentos do espírito?

Emmanuel- Nas atividades espíritas, colhemos do magnetismo sublimados benefícios imediatos, seja no clima do passe, sob o influxo da oração, ou no culto sistemático do Evangelho no lar, por intermédio dos quais, benfeitores e amigos desencarnados nos reequilibram as forças, através da inspiração elevada, apaziguando-nos os pensamentos, ou se valem de recursos mediúnicos esparsos no ambiente, a fim de nos propiciarem socorro à alma aflita ou às energias exaustas.

Se abraçastes, pois, a Doutrina Espírita, perlustra-lhes os ensinos e compreenderás que a humildade e a benevolência, o serviço e a abnegação, a paciência e a esperança, a solidariedade e o otimismo são medicamentos do Espírito, transformando lutas em lições e dificuldades em bênçãos, porque no fundo de cada esclarecimento e de cada mensagem consoladora, que te fluem da inspiração, ouvirás a palavra do Cristo: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”.



Pelo Espírito Emmanuel;

Psicografia: Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira;
Do livro: Leis Do Amor.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

dia 02 de Fevereiro Dia de Iemanjá ...


Iemanjá - A Senhora do Mar

A porta de sua casa sempre está aberta para todos, e gosta de tutelar pessoas. Como uma grande mãe...
O fato de Iemanjá representar a Criação seus filhos têm um tipo maternal, aquela que transmite a todos a bondade e a confiança, sendo, por isso, um grande conselheiro.
Sempre tem os braços abertos para acolher junto de si todos aqueles que o procuram. A porta de sua casa sempre está aberta para todos, e gosta de tutelar pessoas. Tipo a grande mãe. Aquela mulher amorosa que sempre junta os filhos dos outros com os seus. 
COR: Azul
AMALÁ: 7 velas brancas e 7 azuis, champanhe, manjar branco, e rosas brancas (outro tipo de flor branca).
ERVAS: Pata de Vaca, Folhas de Lágrima de Nossa Senhora, Erva Quaresma, Trevo e Chapéu de Couro

Dia 02 de fevereiro é  de Dia de Iemanjá, a poderosa Rainha do Mar, para espíritas e católicos em geral. Orixá de origem africana, cuja força vem das águas do mar, é para muitos adeptos das religiões espíritas, afora uma gama imensa de seguidores perpassando por todas as religiões, o orixá que atende os mais diversos tipos de orações, súplicas e pedidos, tais como amor, que parece ter muita procura; saúde; ter mais dinheiro; proteção; aflições e problemas em geral.



2016 é  ano Regido pelo Planeta SOL, sim o Sol mesmo que seja uma estrela é considerado pelos esotéricos um Planeta Regente, logo sua regência será o orixá da Criação, Orixá Oxalá em todas as suas Formas; Oxalufã, Oxaguiã, Obatalá, Orixaláestarão a frente deste ano.
A Regência do Sol nos remete aos mitos da criação e Divindades criadoras, conhecidos como avatares ou messias, os Filhos de Deus como Shiva, Buda, Jesus Cristo entre outros. Com Influência de Iemanjá que a partir do mês de Julho também influenciará no Ano.
O Ano de 2016 será um ano bem importante, Será Regido pelo orixá OXALÁ, sim o Senhor do pano branco, o Criador da Humanidade, o orixá da paz. Aquele que carrega o Mundo nas mãos ao lado de Seu Cajado. E quando temos um Ano regido por esse grande Orixá temos um ano mais lento, pois Oxalá é lento porém constante, será um ano mais equilibrado, 2015 tínhamos Ogum e tivemos muitos altos e baixos pois Ogum é a Execução. Oxalá representa equilíbrio do Planeta, o começo. O Início, teremos em 2016 uma nova oportunidade de começarmos tudo de novo. Oxalá em 2016 vem montado em suas Nuvens levantando a Bandeira da Paz e da União, será um ano para repensarmos nossas atitudes e despertarmos o Amor ao próximo, pois este é o único caminho que nos conecta a Oxalá Aqueles que colheram tempestades em 2015 terão em 2016 a oportunidade de uma nova plantação. Já quem teve 2015 um ano de realizações, 2016 consolidará mais ainda todas as conquistas.
Espiritualmente estaremos muito bem guardados, pois o Orixá do branco é um grande protetor e guardião de toda Humanidade!
Climaticamente teremos um ano quente pois O Sol estará mais presente e próximo da terra! Além de Oxalá, outras formas deste Orixá também trarão suas características, Oxaguiã o Orixá do progresso estará presente e participativo então teremos muitas descobertas no campo da ciência em 2016 Já Obatalá o oxalá que criou a Terra cuidará do nosso planeta, para isso há grandes possibilidades de grandes ventos e tufões que remanejaram a terra para termos mais equilíbrio com a Natureza.
A Influência de Iemanjá a Mãe do Mundo, irá trazer um pouco de nostalgia perto do fim do ano, porém trará um pequeno ciclo de Águas, como todo ano de Oxalá terminaremos com muitas chuvas e Águas, Serão as Águas de oxalá fechando o ano de 2016!
O Ano de 2016 passará mais devagar porém será um ano com mais constância e estabilidade assim como os passos de oxalá que são lentos mas nunca param. Que Pai Oxalá traga sua bandeira branca da paz e fixe nos quatro cantos do mundo; durante todo ano .
 Salve Pai OXALÁ! Salve 2016


video

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

REFORMA INTERIOR POR BEZERRA DE MENEZES



Tendes seguidamente ouvido recomendações quanto ao vosso padrão vibratório, o qual deve ser, o mais possível, harmonioso e estável, evitando-se oscilações e quedas.


Não seria cabível exigir de vós elevação constante de pensamentos e vibrações. Entretanto, embora atualmente impossível vossa estabilização nos planos mais elevados que frequentemente atingis, por esforço próprio, tanto na esfera do pensamento como na do sentimento, bom seria que evitásseis ao máximo oscilações vibratórias. Naturalmente, referimo-nos a oscilações "para baixo", em sentido de "queda", e não aos vôos intelectuais e afetivos em que necessariamente vos deveis exercitar, até que vos possais estabilizar em planos mais elevados.

Infelizmente notamos, em muitos dos seguidores do Mestre, uma atitude de certa forma comodista. Deixam-se influenciar por entidades inferiores, ou obedecem a impulsos menos dignos, contando mais tarde reabilitarem-se mediante o devido retorno ao bom caminho, ou por meio de preces e passes, esquecidos de que a queda tem invariavelmente seu preço doloroso, e cada pacto com as forças do mal, por ligeiro que seja, implica sintonia e ligação, muitas vezes prolongando-se mais do que esperava o encarnado invigilante.

Olvidam muitos que não podem ligar-se ocasional e momentaneamente a uma entidade colérica, por exemplo, sem correrem o risco de tê-la, talvez por longo tempo, como obsessora, não mais atendendo a apelos inconscientes, na forma de impulsos raivosos do encarnado, mas acompanhando-o constantemente e, já agora, impelindo-o no sentido das explosões de ódio.

Conhecêsseis o imenso valor e a oportunidade sempre atual da oração e da vigilância, saberíeis evitar frequentes "pequenas quedas", eivadas do perigo de se tornarem em grande e terrível derrocada espiritual, e tampouco correríeis o risco de instantes, embora ligeiros, de sintonia com o astral inferior.

Muitos dão excessiva importância aos fatores cármicos, ao considerarem o problema das obsessões. Na realidade, mesmo o número de obsessões oriundas de rancores e inimizades pregressas diminuiria prodigiosamente, se atentásseis devidamente para o valor imenso da oração e da vigilância.

Para que ocorra obsessão, necessário é que haja, primeiramente ligação. E para que se efetive a ligação, é imprescindível sintonia.

É fato muito conhecido que mesmo os mais evoluídos Espíritos, encarnados entre vós, sempre contaram com acirrados inimigos nos planos astrais inferiores, em virtude mesmo de seu adiantamento espiritual. No entanto, embora o peso tremendo das vibrações adversas que os atingem e, muitas vezes, chegam a abalar profundamente, jamais se teve notícia de que Espíritos de escol fossem vítimas de obsessão. Sabeis que o próprio Cristo não escapou ao assédio das forças das trevas, mas de forma alguma poderia ser influenciado obsessivamente, por absoluta inexistência e impossibilidade de sintonia e ligação entre suas elevadíssimas vibrações e as de seus adversários.

Com o único recurso de defesa ante tais perigos, necessário vos é buscar, firme e decididamente, destruir a "criatura velha" que em todos habita, sujeita e vulnerável, por sua imperfeição, aos ataques das forças inferiores, e abraçar sinceramente o propósito de vossa reforma interior.

A ninguém ocorreria, galgando uma escada, subir e descer o mesmo degrau, repetidamente. Não pretenderíeis subir a escada de Jacó, permanecendo em perpétuo movimento de "queda - ascensão - queda".

Bezerra de Menezes